MINHA ARTE

MINHA ARTE
MOURO é o meu apelido artistico dado por amigos por causa do ator Morgan Freeman no filme '' Hobin Hood ''com ​​Cavin Costner,a muito tempo. A pelo menos 20 anos faço trabalhos com tecidos:camisas,calças,jaquetas,painéis,e em materiais diversos como telas,compensados,paredes de interiores ou externas . Ilustro livros e quadrinhos com diferentes estilos me adaptando ao texto ou historia que estiver sendo comtada. Minha atual paixão são os meus trabalhos com fotografia,onde utilizo sobre a foto apenas pincel e tinta acrilhica. Começei recentemente a fazer trabalhos esperimentais com o paint no computador...mas sou escravo do pincel e tinta ,no mundo real! Contato: mouroart@gmail.com (clique nas imagens e visite meus perfis)

quarta-feira, 8 de maio de 2013

CONTOS DE CAÇADORES

UM SINAL NA ESCURIDÃO by Mouro ART
''E devolver minha honra!''
Roteiro e arte
Mouro ART

CONTOS DE CAÇADORES

UM SINAL NA ESCURIDÃO by Mouro ART
''Não há fantasmas aqui!
Há apenas a morte que veio cobrar minha divida de sangue!''

CONTOS DE CAÇADORES

UM SINAL NA ESCURIDÃO by Mouro ART
'' Não ...pode...ser! Nãommm é real............''

CONTOS DE CAÇADORES


UM SINAL NA ESCURIDÃO by Mouro ART
''Tudo mudou,a paisagem se transformou. agora reina uma paz tranquila sem a ameaça das criaturas que aqui encontramos!
Sera apenas um eco no passado...talvez fruto de meus proprios pensamentos!
NÃO! É a confirmação do fantasma que agora reside neste mundo...agora sei que posso finalmente pedir....perdão! E ter a minha honra de volta!''

CONTOS DE CAÇADORES

UM SINAL NA ESCURIDÃO by Mouro ART
''Ir ao encontro do mistério....de meu conflito !
Me vejo de volta ao lugar onde tudo começou.
Para resgatar a mim mesmo!
Ser completo outra vez.....
Um caçador honrado!''

CONTOS DE CAÇADORES

UM SINAL NA ESCURIDÃO by Mouro ART
'Mesmo agora apos uma estação,e sendo vitórioso em minhas caçadas.
A lembrança ainda me percorre o sangue!
Derrepente! Um sinal ..um alerta na escuridão.
Que me faz querer fechar esta ferida aberta!''

CONTOS DE CAÇADORES

UM SINAL NA ESCURIDÃO by Mouro ART
''Mas sou assombrado pela vergonha de também não ter morrido ali no combate sangrento e honrado!
Sou um maldito!''

CONTOS DE CAÇADORES

UM SINAL NA ESCURIDÃO by Mouro ART
''Por ser fraco,eu o deixei nas garras de sua condenação. E isto foi o certo a fazer! ''

CONTOS DE CAÇADORES

UM SINAL NA ESCURIDÃO by Mouro ART
''E vi o que teria que fazer!
Mas eu não tenho a dor honrada ...e sim, a dor da vergonha!''

CONTOS DE CAÇADORES

UM SINAL NA ESCURIDÃO by Mouro ART
''Eu vi um caçador jovem como eu,cair perante o medo.
Eu vi seu terror a beira da morte.
Não deve haver medo nem rancor perante as garras da morte que passa no nosso caminho...o caminho dos caçadores é da morte honrada pela dor ou pela vitória!''

CONTO DE CAÇADORES



UM SINAL NA ESCURIDÃO by Mouro ART
''Hesitação que leva ao erro e condenação.
Hesitação que leva à punição, onde os fracos não alcançam glórias.
Onde a morte sorri com louvor mortal!''

CONTO DE CAÇADORES


UM SINAL NA ESCURIDÃO by Mouro ART
''Eu me lembro quando a perseguição tinha significado.
Quando eu tinha orgulho de ser um caçador!
Lembro-me de partilhar a caça, e respeito para o caçador!
Lembro-me da fraqueza e hesitação na luta!''

CONTOS DE CAÇADORES

UM SINAL NA ESCURIDÃO by Mouro ART
''O que sou, eu não sou! Eu não sou o que eu deveria ser ..... um caçador orgulhoso!
Minha marca é uma marca de vergonha!
Um mal que queima minhas entranhas!''

CONTOS DE CAÇADORES

A TALE OF HUNTERS.
(Um conto de caçadores by Mouro ART)
UM SINAL NA ESCURIDÃO -PART 1
 

PEQUENA SEREIA by MOURO ART


LITTLE MERMAID
by Mouro Art
So i shooting me no doubt in his eyes of unsurpassed brilliance.
Coveting the reflection that the waves printing us eyes , leaving the and more disoriented esperiente of children from the sea.
Watching you watching me, espondo heat that intoxicates me and strip me my strength making me spin.
... With your body intertwined with mine, plunging ever deeper.
Unable to think of anything, except to love.
We continue our dance, a ballet of gestures and glances that nor multiple beings of the deep blue can desipher.

PEQUENA SEREIA by MOURO ART

LITTLE MERMAID
by Mouro Art
I allow myself to imagine, if i will wake up from this dream.
On the horizon comes the reminder that land i should aspire.
Wanting in the background, the safety of dreamers.
Like that of madmen, never failing to playing up
toward the precipice of life.

PEQUENA SEREIA by MOURO ART


LITTLE MERMAID
I feel your sea drinking my body.
Look how i sail well in their domains.
Increasingly attracting the attention of the Goddess.
Seducing in rough seas, stormy
... desperate for attention.
Perfume that intoxicates me taking me to concentrate.
Wishing fine droplets of flavor of fairies mermaids.
Observing the hum of the waves that arise,
sparkling magic wherever my eyes
seek.
by Mouro Art

PEQUENA SEREIA by MOURO ART


LITTLE MERMAID
See how fragile I am close to your skin.
See how i desire sail in his eyes.
I see the glow of her soul reflected in tears.
The desire to contain myself the strength of that passion.
... Look how to i sail my fingers in their waves of beautiful tresses.
Gentle waves and beautiful curves which reflect the brightness of the night,
gives me fondly the direction...
The direction of your heart!
 Mouro ART

PEQUENA SEREIA by MOURO ART


LITTLE MERMAID
I see my fate in different looks.
I see my desires calling me out to sea.
I see my eyes shut up to feel the wind.
I see the trembling upon hearing the cantigo love.
... I see my sad soul, to feeling the coolness of the night life.
I see this same breeze, becoming more than a gentle tap on my tired body.
I see my chest, feeling my heart crying out for a look of tenderness from the deep sea waves.
MouroArt