MINHA ARTE

MINHA ARTE
MOURO é o meu apelido artistico dado por amigos por causa do ator Morgan Freeman no filme '' Hobin Hood ''com ​​Cavin Costner,a muito tempo. A pelo menos 20 anos faço trabalhos com tecidos:camisas,calças,jaquetas,painéis,e em materiais diversos como telas,compensados,paredes de interiores ou externas . Ilustro livros e quadrinhos com diferentes estilos me adaptando ao texto ou historia que estiver sendo comtada. Minha atual paixão são os meus trabalhos com fotografia,onde utilizo sobre a foto apenas pincel e tinta acrilhica. Começei recentemente a fazer trabalhos esperimentais com o paint no computador...mas sou escravo do pincel e tinta ,no mundo real! Contato: mouroart@gmail.com (clique nas imagens e visite meus perfis)

sexta-feira, 20 de outubro de 2017

quarta-feira, 18 de outubro de 2017

MAKING ART-"Os sonhos podem ser coisas tão perigosas: queimam como fogo e às vezes nos consumem completamente". Um projeto de arte em fotografia, com bela coreografa e dançarina do ventre Russa Ebru Becker

Mouroart ShopVida.😍 Visite as novas artes em minha coleção de vestuário com um desconto especial na sua compra. 🤗 Em minha loja na http://shopvida.com/collections/mouroart.

                                       
                                          http://shopvida.com/collections/mouroart.

Após os eventos de Capitão América: Guerra Civil, o Rei T'Challa retorna para casa na sua reclusiva e avançada tecnologicamente nação de Wakanda a fim de servir como o novo líder do pais. Todavia, T'Challa rapidamente descobre que seu trono está sendo desafiado por facções dentro do seu próprio país. Quando dois adversários conspiram por destruir Wakanda, o herói conhecido como Pantera Negra deve se juntar ao agente da C.I.A Everett Ross e aos membros das forças especiais wakadianas Dora Milaje para prevenir que seu mundo seja tragado pela guerra. Dirigido por Ryan Coogler e co-escrito por ele junto com Joe Robert Cole, produzido pela Marvel Studios e sendo inteiramente distribuído pela Walt Disney Studios Motion Pictures. O elenco é estrelado por Chadwick Boseman como T'Challa / Pantera Negra, com Michael B. Jordan, Lupita Nyong'o, Martin Freeman, Daniel Kaluuya, Angela Bassett, Danai Gurira, Andy Serkis e Forest Whitaker. Pantera Negra é o décimo oitavo filme do Universo Marvel Cinematográfico e o primeiro filme solo do super-herói. O lançamento do filme está previsto para Fevereiro de 2018

PANTERA NEGRA o filme 2018 As guerreiras Dora Milaje formam o principal exército de Wakanda. O exército mais confiável do rei, responsável por sua guarda pessoal, é formado exclusivamente por mulheres. Como missão de paz e unificação, mulheres de todas as tribos de Wakanda (muitas sendo rivais) integram o exército. Com a promessa de que irão chutar muitas bundas no próximo ano, as Dora Milaje contarão com três figuras principais no filme: -Danai Gurira (The Walking Dead) será Okoye, a general das Dora Milaje. Sua figura de liderança pode estar representada no fato de ser a única do exército em ter seus adereços com detalhes dourados. -Lupita Nyong’o (12 Anos de Escravidão) será Nakia. Nos quadrinhos ela eventualmente se torna uma vilã, sendo aliada do Killmonger, no filme interpretado pro Michael B. Jordan. Algumas coisas evidenciam que sua versão no filme pode ser de uma ex-Dora Milaje, já que a personagem aparece constantemente sem a armadura das guerreiras, com exceção de sua última cena o trailer, que parece ser o clímax do filme, momento em que a personagem pode voltar a usar a roupa vermelha. -Florence Kasumba (Capitão América: Guerra Civil) será Ayo, guerreira próxima da general Okoye. A personagem nos quadrinhos é homossexual, mas ainda não se sabe se sua versão do cinema manterá esta sua identidade sexual. A personagem já marcou presença no Universo da Marvel, ameaçando a Viúva Negra em Guerra Civil.😍

                                      https://www.youtube.com/watch?v=YEmrahua6KA

terça-feira, 17 de outubro de 2017

Eu conheci o Capitão. A muito tempo atras assistindo a tv e vendo meu programa preferido que me apresentou ao mundo dos quadrinhos da Marvel heróis japoneses e muitos outros clássicos da cultura pop! Com estas palavras, começava o programa Clube do Capitão Aza, sucesso infantil da antiga TV Tupi Rio que esteve no ar durante 14 anos: ''… Alô, alô Sumaré! Alô, alô Embratel! Alô, alô Intelsat 4! Alô, alô criançada do meu Brasil!, aqui quem fala é o Capitão Aza, comandante em chefe das forças armadas infantis deste Brasil.'' O Capitão AZA foi criado em setembro de 1966, durante a ditadura militar, servindo como homenagem a um falecido herói da FAB que lutou na Segunda Guerra Mundial, o capitão aviador Adalberto Azambuja, que era conhecido como AZA entre os aviadores. Entre suas principais atrações, estavam os seriados Jeannie é um gênio e "A Feiticeira", os desenhos dos Heróis Marvel: Capitão América, Homem de Ferro, Thor, Hulk, Namor e Homem Aranha. Também houve espaço no horário para as séries de "Supermarionation" (animações de marionete) tais como, Thunderbirds, Capitão Escarlate, Joe 90 e Stingray. Outros desenhos apresentados em seu programa foram os desenhos da Turma da Pantera Cor de Rosa, Grump, O Feiticeiro Trapalhão, Anjo do Espaço, Super Robin Hood, Mr. Magoo, Esper: o Garoto a Jato, Vingadores do Espaço, Robô Gigante, Jerry Lewis (desenho), King Kong (desenho), Brasinhas do Espaço entre tantas outras. Em 1975, o Clube do Capitão Aza apresentou a série Batman, com Adam West, pela primeira vez a cores. Também em 1975, foi resgatado o desenho Speed Racer, que tinha sido exibido pela TV Globo carioca em 72/73 e como aquela ainda não era transmitida em rede nacional, não teve tanta repercussão. Quando exibido pela Tupi dentro do programa, o desenho alcançou o sucesso nacional. O Capitão AZA, com seu uniforme aeronáutico e o capacete de piloto com o "A" com duas asas, era interpretado pelo ator e policial civil Wilson Vianna e foi criado para tentar superar o programa concorrente da Rede Globo, Capitão Furacão, tendo conseguido tal objetivo após alguns meses, liderando a audiência junto aos mais jovens. O Capitão Aza buscava trazer à tona bons conselhos como estudar, respeitar os mais velhos, compartilhar da amizade, carinho e amor das pessoas. Era apresentado de segunda à sexta, inicialmente apenas para o Rio de Janeiro e a partir de 1974 para todo o Brasil via satélite Embratel. Teve diversas fases e durações. Chegou a 4 horas de duração e por fim, em 1979, 1h e 15 minutos. Sempre que possível e principalmente nos finais de semana, levava as crianças a passeios turísticos promovidos pela TV Tupi junto com os patrocinadores Riotur e Casas Sendas. Ídolo de toda uma geração, passou a fazer parte do imaginário das crianças de então, que não parecem esquecê-lo até hoje. Durante os 13 anos que esteve a frente do programa Wilson Vianna visitou aproximadamente 100 escolas por ano, mantendo assim estreito contato pessoal com os fãs do programa. Em suas visitas sempre se fazia acompanhar de um policial-militar, um marinheiro, um bombeiro e um ex-oficial da FEB, levando a sua mensagem de civismo às crianças. Wilson Viana era delegado da Polícia Civil do Estado do Rio de Janeiro, e além de interpretar o Capitão AZA atuou em 63 filmes. O ator veio a falecer a 3 de Maio de 2003, com 75 anos, vítima de seu terceiro enfarte. Ele se encontrava no Mato Grosso do Sul, com sua mulher, filho e nora, onde passava uma temporada.